Postagens

Mostrando postagens de 2014

Klauth, o Velho Rosnado

Imagem
Klauth Male great wyrm red dragon CR 25 Colossal dragon (fire)

40d12+400 (722 PV)
Init +4 . Spd 40 ft., fly 200 ft. (clumsy) . AC 46, touch 7, flat-footed 46

Full Atk
+49 melee (4d8+17, bite) and +45 melee (4d6+8, 2 claws) and +44 melee (2d8+8, 2 wings) and +44 melee (4d6+25, tail slap)
Face/Reach 40 ft. x 80 ft./15 ft.

Breath weapon (70 ft. cone of fire, save DC 40)
crush, frightful presence, spell-like abilities, spells, tail sweep

Special Qualitiesblindsight, darkvision 1,200 ft., DR 20/+3, dragon traits, fire subtype, immunities, low-light vision, SR 32; AL CE

Saving Throws Fort +32, Ref +22, Will +30

Habilities Str 45, Dex 10, Con 31, Int 26, Wis 27, Cha 26

Skills and Feats Appraise +28, Bluff +42, Climb +27, Concentration +53, Diplomacy +56, Gather Information +18, Hide 6, Intimidate +22, Jump +57, Knowledge (arcana) +51, Knowledge (Sword Coast North geography) +51, Knowledge (Sword Coast North history) +51, Listen +53, Move Silently +10, Scry +31, Search +51, Sense Motive +18, Spellcr…

A Jornada dos Escudos do Crepúsculo - Parte 4: O Peso do Tempo

Imagem
Ishmael estava preocupado. Ele perpassava as últimas horas em sua mente e era como se dias tivessem corrido, tendo o duro peso de eras inteiras. Culpou a si mesmo por não ter ido procurar Sairus quando este havia sumido de sua vista. "Ele sabe se cuidar", pensara, "vai encontrar o caminho até nós", estava certo, mas essa confiança custara mais do que ele poderia esperar.

"Nunca separe um grupo", as palavras fortes de Ivanuir soaram como um martelo espancando forte a madeira de suas lembranças.

Ivanuir. Ele via seu grupo treinando com Lithanm e lembrou de seu mestre e pai de criação. Eles lutavam contra o elfo e sentiam a frustração da derrota, mas também o prazer do embate, a alegria do aprendizado, a excitação frente a um oponente mais treinado. Sentira esse mesmo misto de sentimentos anos atrás, mas Ivanuir, na época, era mais duro, como se a vida de Ishmael dependesse de seu bom desempenho ali na arena com ele. Não poderia estar mais certo.

O grupo atacav…

Regras da Casa - Escolhido de Moradin

Imagem

O Guardião Jamais Descansa

Imagem
Estou marchando a horas? Dias? Meses? Aguço minha visão mas só vejo árvores e mais árvores quilômetros a frente.

A lembrança de uma última batalha, de um último golpe. Certeiro. Fatal. A armadura finalmente pesou e arrastou o corpo para o chão. Mas porque insisto em marchar?

Missão cumprida, soldado. Volte para casa!

Finalmente me acho em pensamentos. A visão de um cadáver ardendo em chamas amarrado a um tronco surge a minha frente. O metal derretendo contra uma a carne carbonizada torna tudo ainda mais hediondo.
Não há casa para se retornar. A missão nunca acaba. Sempre existirá algo a se proteger.

As orbes vazias do crânio começam a irradiar uma tênue luz dourada. Como se o morto lentamente abrisse os olhos para encarar a alma diante de si. A luz intensifica-se e varre tudo ao seu redor, revelando e expulsando tudo o que se vale das sombras para ocultar-se. Diante de mim agora está não mais um corpo em funeral bizarro, mas uma armadura maciça em ouro. Punhos serrados à altura do peit…

A Jornada dos Escudos do Crepúsculo - Parte 3: Mystrander

Imagem
1872 CV O jovem aprendiz deu um passo a frente. Enquanto as Trigêmeas o olhavam, ele sabia que toda sua vida e a vida antes da sua e a vida depois da sua se revelavam para elas.

Vejo seu fio de destino. Ele é deveras interessante... - falou Nona em um assustador sorriso. Havia lascívia em sua voz, mas também uma maldade infantil e cruel.

Mas de extensão breve. - completou com rispidez Morta e quando ela falava era como se tudo fosse concreto. Tudo fosse certo.

O jovem tremia. Suas roupas maltrapilhas e sua ferida no ombro não o ajudam a se apresentar ali. No entanto, ele sabia que era a única chance que teria com as Trigêmias, a única possibilidade de alguém da estirpe dele ter a chance de estudar a cronomancia.

Décima olhava pra ele e sua seriedade era uma porta aberta, um convite à fala.

Conte-me sobre sua visão, neófito. - falou ela.

Eu... eu vi um grupo. Não reconheci seus rostos, mas de alguma forma sabia quem eram. Eles brilhavam como o crepúsculo. Aquele que carregava o sol dentro…

A Fala do Mestre 11 - A Ascensão de Mirklo

Imagem
A estátua de carne encouraçada com o metal celeste continua imóvel. Três dezenas deverão passar até que ele possa mover-se novamente. A fé o tomou completamente. Em orações contínuas, suas mãos unidas sangram frente à força que as une. Em sua mente um único propósito, um único deus, uma única benção. Um raio de sol doura a sua fronte e uma voz cálida como bater de asas de um falcão sob as primeiras luzes do crepúsculo paternalmente lhe fala ao coração.

"Mirklo, meu fiel, meu amado servo."

Espanto toma a expressão do servo.

"Não tema, meu bom Mirklo. Eu estou aqui."

Um sorriso desenha-se no rosto do mortal. A fronte curva-se mais. Os olhos percebem na sombra de si, projetada no chão, a sombra d'Outro, com sua mão repousando sobre o ombro esquerdo do servo fiel. O êxtase se apodera do homem antes impassível. Lágrimas tomam-lhe os olhos, as mãos tremem e desejam arrancar de si o coração para que não haja mais vida após tão consagrado contato. Mirklo sente-se infin…

A Jornada dos Escudos do Crepúsculo - Parte 2: A Queda do Guardião

Imagem
No último episódio... Nossos aventureiros voltam em sua viagem do tempo e encontram um novo grupo, formado por Danika, Catrash, Amalia e Leonidas, o Escolhido de Helm. Apesar de uma inicial diferença de pontos de vista entre os dois guerreiros sagrados, os grupos resolvem formar uma temporária aliança a fim de alcançar seus objetivos na nefasta terra de Myth Drannor.

Após alguma calmaria, em que a sinceridade de Ishmael parece ter plantado mais dúvida e desconfiança no coração de Leonidas, terríveis estirges atacam o grupo. Uma curta, mas cansativa batalha tem início, com a nova equipe sendo direcionada às profundezas da masmorra e quase sucumbindo a uma terrível queda, mas com todos sendo miraculosamente salvos por Ithanm, o clérigo de Tempus. A ação tresloucada, mas cheia de bravura, fez com que Leonidas percebesse Ishmael como aquele que ele deveria proteger. Assim, os laços que ligam o destino de todo o grupo aos poucos vão se tornando evidentes.


Passando o perigo, eles são abord…

A Fala do Mestre 10 - Sobrevivente

Imagem
Uma dezena depois ele foi encontrado. O último e único sobrevivente de uma malfadada comitiva. Não sabia como havia chegado até ali. Não lembrava o que comera ou bebera para viver até ali. Apenas um gosto amargo na boca. Quando lhe perguntaram seu nome. Respondeu com um grunhido, como se tivesse devorado a própria língua e todos os idiomas que sabia falar. Não sabia que nome dizer. Dentro dele pareciam existir muitos outros nomes devorados e violados diante de si. Restava apenas aquele gosto amargo na boca. Vendeu tudo o que possuía. Queria esquecer Lua Argêntea, queria esquecer o que tinha visto, queria esquecer que havia rastejado como um verme e alimentado-se como algo muito pior. Apenas um gosto amargo na boca. Apenas um gosto amargo.


A Fala do Mestre 9 - A Ira do Pequeno Lorde

Imagem
Aproxime-se, pequeno lorde. O que deseja de mim, preso à essa pretensa imortalidade?

O ódio semicerra os olhos do pequeno dragão.

Sim, eu reconheço esse olhar, esse desejo por reparação. Somos reis tratados como vassalos.

O silêncio do mais jovem é a muralha de desconfiança que o secular espírito tenta transpor.

Você sabe, não sabe? Já fomos senhores de tudo, mas nossos deuses e nossos próprios irmãos nos abandonaram. Aquela espada é a prova do que digo. Você podia ouvir o sangue de dragões clamando dela?

Curiosidade. Ira. Indiferença simulada. Fome e sede... de vingança.

Sim, eram matadores de dragão. A antiga heresia. Os que ousam ferir os herdeiros dessa terra. Você viu, não viu? De que outra maneira poderia haver tanta precisão em seus golpes?

A garra fantasmagórica repousava agora sobre o peito. Se ali houvesse o fundamentum draconis, a garra agora o protegeria. O olhar do jovem tornou-se o banquete do ancião.

Você não tem muito tempo. Homens não duram para sempre. Nem mesmo os odios…

Desafios - Dragão das Sombras: Sombra Vingativa

Imagem
Sombra Vingativa Dragão das Sombras Adulto Experiente Meio-Abissal Grande CE 22d12+88+12d8+48+170 (502 pv)
CA 37 (-1 tamanho, 26 natural) surpresa 35 toque 11

For 27 Des 14 Con 21 Int 24 Sab 20 Car 23(25*)
*apenas para conjuração

BBA +39 Agarrar +39 Fort +27 Refl +27 Vont +28 Iniciativa +6
Ataque: Mordida +47 2d6+8, 2 garras +42 1d8+4, 2 asas +42 1d6+4 e cauda +42 1d8+12
Sopro: 4 níveis CD26 Reflexos

Presença Aterradora CD 26 RM 25
Resistência 20 ácido, frio, fogo, eletricidade
Mesclar-se às Sombras, Criar Sombras

Talentos: Vontade de Ferro, Acelerar Habilidade Similar à Magia, Hover, Iniciativa Aprimorada, Recuperar Sopro (1d4-1), Reflexos Épicos, foco em arma (ataque de toque à distância), ataque poderoso

Habilidades Similares à Magia: (3) reflexos, dificultar detecção; (2) porta dimensional; (1) teleporte em sombras NC: 11º

Habilidades Similares à Magia: (3) escuridão, veneno, aura profana (+4CA e TRs, 1d6 Força de criaturas bondosas); (1) blasfêmia (12 DV: sem ação 1 rodada; 11 DV 2d6 …

Tomo de Arquivos VI - 12.736 AC - Biblioteca de Encontro Eterno: Doença e Queda

Imagem
Depois da incursão do grupo Belarn-Tamassir, e a possível resolução de toda a campanha, estudos e relatos afirmam que a família Tamassir foi aos poucos caindo em desgraça. Os filhos das gerações seguintes, independente de serem humanos ou não, nasciam com um tipo de doença que reduzia sua vida em vinte anos e a cada geração esse número ia aumentando. Mesmo os meio-elfos entre os parentes Tamassir não conseguiram se salvar de tal maldição – pesquisas sugerem que a doença tinha natureza arcana e foi chamada de “Peste Tamassir”. Quando da queda de Netheril, a família já havia sido praticamente esquecida por boa parte dos nobres, sendo lembrada somente por elfos, ou em documentos de estudos clericais e por alguns magos.

A família Belarn, por sua vez, continuou a existir através dos filhos de Elmedech, o irmão de Abrahan. Ele manteve o brasão dado pelos Tamassir, aproveitando-se da honraria para participar de torneios de cavalaria e melhor se relacionar com nobres da época, mesmo que não f…

Tomo de Arquivos V - 12.736 AC - Biblioteca de Encontro Eterno: A Segunda Geração

Imagem
Pouco se sabe realmente sobre a segunda geração dos Tamassir. Evidências mostram que Elrin Eagleeye assumiu os negócios da família no lugar de Ruben, possivelmente por indicação do próprio, enquanto os gêmeos Samuel e Saul enveredaram-se pelo caminho da magia e da forja, tornando-se grandes artífices arcanos. A união entre a administração do primo meio-elfo e os “produtos” dos filhos de Ruben trouxe um novo apogeu econômico e social aos Tamassir, numa época em que a família era quase completamente desacreditada. É dessa época que vêm boa parte das peças de arte encontradas por arqueólogos. Desconfia-se que o contato com a maioria dos primos se manteve antes da morte de Elba, depois disso não há registros ou histórias que liguem os filhos de Arliene a esse lado da família até pelo menos -3860 CV, onde aconteceu uma possível nova reunião de família.

A partir desse momento não há nenhum registro sobre os Tamassir ou integrantes da família até -3533 CV, o ano do surgimento dos pergaminho…

A Fala do Mestre 8 - Vitória

Imagem
Faerûn e os anões do Salão de Mitral respiram aliviados. A ameaça orc foi debelada graças aos Escudos de Toril. Dizem os bardos que tal grupo enfrentou o próprio Gruumsh para evitar que os salões fossem saqueados por Obould e seus orcs.
O rei Bruennor pretende dar um banquete em homenagem aos valorosos amigos dos anões que vieram para libertar o Norte da sede de poder do rei orc.

OBOULD MUITAS-FLECHAS Male orc Bbn6/Ftr6: CR 12; Medium-size humanoid (orc)
HD 6d12+24 plus 6d10+24; hp 155; Init +6, Spd 40 ft
AC 21 (touch 11, flat-footed 17)
Atk +19/+14/+9 melee (2d6+9 plus 1d6 fire/17-20, +2 keening flaming greatsword) or +14/+9/+4 ranged (2d6+5/x3, large reinforced +5 darkwood longbow )
SQ: Darkvision, literate in Orc and Common, rage 2/day, improved uncanny dodge (Dex bonus to AC, can't be flanked); AL CE
SV Fort +14, Ref +6, Will +6; Str 20, Dex 14, Con 18, Int 14, Wis 14, Cha 16. Height 6 ft. 3 in.
Skills and Feats: Climb +12, Diplomacy +7, Intimidate +11, Jump +15, Listen +7, Sense Mo…

Tomo de Arquivos IV - 12.736 AC - Biblioteca de Encontro Eterno: Pais e Filhos

Imagem
Não se sabe com certeza o que aconteceu durante a viagem. De alguma forma, as pesquisas supõem que eles obtiveram sucesso em sua jornada, mas a ferida que ficou no coração de todos, desde os que partiram e voltaram, até os que ficaram, desestruturou muitos dos alicerces da família. Um pedaço de diário, que poderia ser de Arliene, encontrado muitos anos depois por aventureiros em uma floresta próxima a Cormyr, no meio de materiais roubados por orcs, descreve o que aconteceu realmente:

... e havia fogo e um cheiro forte de enxofre. O Filho da Luz está muito debilitado e o artefato mágico que ele carrega... [aqui fica incompreensível durante várias linhas, então ela recomeça]... Erly chora pedindo que não vá e Mel abraça forte o Iluminado, eu sabia que algo surgira entre eles dois... [novo texto ininteligível]... Roger já gritou as ordens que tinha de gritar, mas todos sabíamos que eram em vão, o olhar de Abrahan é um olhar decidido, forte e protetor. Nunca encontrei ninguém assim, nem me…

Tomo de Arquivos III - 12.736 AC - Biblioteca de Encontro Eterno: Reunião de Família

Imagem
Uma das poucas certezas que qualquer investigador tem sobre o décimo sexto dia após o início do inverno de -3834 CV é que a família Tamassir estava novamente toda reunida. Na grande casa, liderada dessa vez por Ruben, encontravam-se, além deste, sua mulher Sarah e seus dois filhos, os gêmeos Samuel e Saul, e Roger, o qual chegara pela manhã e brincava com seus sobrinhos, quando Elba chegou acompanhada de um menino de olhar vivaz, Elrin Eagleeye. Os dois irmãos recém-chegados pareciam distantes da realidade da família, Elba agora se assemelhava mais a um elfo que a um humano, mas quando ela abriu seu sorriso, todos sabiam de quem se tratava. Marcava sol-alto quando Mel apareceu e era visível seu incômodo por entrar em local tão urbanizado como Netheril naqueles tempos, mas ela estava em casa e o carinho dos seus a fizeram esquecer por alguns instantes a saudade das terras selvagens e livres. O sol já mudava sua cor amarelada para o tom alaranjado, e logo chegaria à púrpura, quando uma…

A Fala do Mestre 7 - Menzoberranzan

Imagem
Em uma mudança brusca de planos, nossos heróis desistem de adentrar a Montanha Subterrânea e traçam prioridades. Após muito discutir, chegam a um veredicto: Menzoberranzan, abaixo dos Salões de Mitral é o alvo e seguem então para lá.

Chegando lá, encontram com um druida e um monge que haviam defrontado-se com gnolls em uma batalha épica!!!

Uma vez apresentados, os dois conduzem o grupo ao Salão de Mitral onde encontram Drizzt Do'Urden, o mais famoso drow de Faerûn. A ida aos salões leva nossos heróis ao desafio de Bruennor, mas eles logo percebem que não poderão vencer uma simples pedra, caso não sejam realmente um único pensamento.

Resta então retornar e lutar ao lado do Salão de Mitral contra as hordas de Obould Muitas Flechas.

Tomo de Arquivos II - 12.376 AC - Bilbioteca de Encontro Eterno: A Família Tamassir

Imagem
Quando Netheril se fez cidade unificada, em -3859 CV, uma pequena família de mercadores trocava artigos e conhecimentos com os povos élfico e anão que viviam nas proximidades, os Tamassir. Eles eram liderados por Arian Tamassir, uma viúva sagaz de temperamento forte e voz altiva. Através de seu jeito extrovertido e humilde, Arian tornou-se amiga de muitos do povo belo, aprendendo muito sobre história, comércio e retórica com eles e, dessa forma, aprimorando sua capacidade para negócios e levando sua família a uma sustentável posição social.

Arian possuía seis filhos, os garotos Ruben e Roger e as jovens Mel, Elba, Arliene e Erly. Ruben, o mais velho, era esperto e tinha tino para os negócios, fora o fato que sua ignorância e resistência à embriaguez eram, muitas vezes, as únicas formas de conversa entre anões, e sua humildade e honra eram os traços de sua mãe que o faziam realizar acordos com os elfos. Ruben foi o natural sucessor de Arian quando esta decidiu se retirar dos negócios e…

Tomo de Arquivos I - 12.376 AC - Biblioteca de Encontro Eterno

Imagem
"Muitas histórias são contadas em Faerûn sobre Netheril e aqueles que viviam lá. Muito do real, do crível, se perdeu com as areias do tempo e nas canções contraditórias dos bardos. No entanto, é fato que alguns arqueólogos encontraram no que restou de Netheril um brasão com o desenho de uma rosa dentro de um arco formado por correntes espinhosas e a inscrição "Tamassir" em vários dos objetos ligados a esse brasão. Fazendo uma investigação mais profunda, você descobrirá que tal família existiu de verdade, mas nem sempre as fontes serão realmente confiáveis. Elfos mais jovens escutam falar sobre os Tamassir, mas acham que é uma mera lenda, os mais velhos escutam o nome e costumam se calar, pois os mesmos lembram e não gostam de falar de Netheril e de como os humanos viraram as costas tão facilmente a eles depois que os pergaminhos de Nether apareceram. Enfim, a verdade é que mesmo envolto em mistérios e más explicações, a existência de tal família é real, ainda que não e…

A Chave Solar - Os Amanautor - Arma de Legado

Imagem
Os Amanautor - ou A Chave Solar - pode se apresentar como uma maça ou cetro com entalhes em celestial em sua empunhadora e uma ponta em forma de um círculo solar com uma joia branca em seu centro. Ele emana uma forte e pura energia divina na forma de um brilho branco-amarelado.Estatísticas não legado Maça pesada sagrada obra-prima +2 feita de Solanian Truesteel (dureza 11, 25 pvs, +1 para confirmação de decisivo - Arms and Equipment Guide, pág 14), dano d8+2 (d8 + 2d6 + 2 contra seres malignos), crítico x3, custo de 2936 PO, 8 lb de peso.

História Quando Amanautor descobriu como se daria sua morte, ele traçou um plano para sua retorno dividindo a si mesmo em três pedaços: a face de Amanautor (Faciem Amanautor), o corpo de Amanautor (Corpus Amanautor) e o osso de Amanautor (Os Amanautor). O primeiro deles é a porção de seu poder que ele deixou com A Primeira, e junto às capacidades dela posteriormente tornou-se Lathander, o segundo é seu “sangue” divino diluído pelos integrantes das fam…

Ambientação - Dark Souls

A Jornada dos Escudos do Crepúsculo - Parte 1

Imagem
1317 CV - Terras dos Vales

Lara Belarn entrou na sala aos fundos de sua casa enquanto sua mãe, Nivien, estava separando os fios de bordar. Apesar de cega, a velha matriarca Belarn nunca tivera problemas com a roca, as agulhas ou as linhas. Há dias Nivien voltara do Conselho dos Vales e desde então tudo o que ela tem feito é separar fios e bordar. Lara não sabia o que sua mãe estava fazendo, mas pelo tempo que passava em sua atividade e extensão de sua peça, se ela estiver bordando um tapete, esse alcançará Mulhorand.

"Mamãe, não acha que é melhor parar isso?"

"Não até que os sonhos tenham passado", respondeu Nivien, ríspida e incomodada.

Preocupada, Lara sentou ao seu lado. Nivien escutou a respiração da filha e lembrou da última reunião do Conselho - o bater dos corações ansiosos das pessoas que lá estavam, o ranger de suas armaduras polidas, símbolos de uma geração que olhava para o futuro sem fazer as pazes com o passado. Ela pensou o quanto todos aqueles pretenso…